A espera para realizar exames de ultrassom na rede pública de saúde de Campinas chega até dois anos. Aproximadamente 4 mil pessoas aguardam para realizar os procedimentos. De acordo com a prefeitura, desde agosto do ano passado não há uma empresa responsável pelo serviço. A expectativa é que a situação se resolva até outubro deste ano.

A lista de espera é organizada pelas equipes dos centros de saúde (CS) por classificação de risco, dando prioridade ao agendamento de acordo com os critérios do protocolo.

A prefeitura informou que o contrato com a empresa foi encerrado em agosto de 2017. Uma nova licitação está em andamento e deve ser encerrada em 60 dias.

Ainda segundo a Administração existem três processos em andamento, um para a volta do serviço terceirizado, outro de compra de equipamentos de serviços próprios e outro de locação de equipamentos.

A empresa que era responsável pelo serviço realizava cerca de 2,1 mil exames por mês, um total de 25 mil ultrassons por ano.

Via Rádio Brasil Campinas.

Anúncios